segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

O Analista de Bagé - Incontingência...? Meu Pelego! - Imagem - Bagé - RS - Brasil

Se abanque, no más - disse o analista de Bagé, indicando o divã.
- Eu, ahn, prefiro ficar de pé - disse o moço.
- Se abanque, índio velho, que tá incluído o preço.
- Não, obrigado...
- Deita aí! - disse o analista de Bagé, empurrando o paciente, que caiu de costas no pelego.
O analista de Bagé sentou na sua banqueta e começou a picar fumo para o palheiro. Como o moço não dissesse nada, falou:
- E então? Desembucha.
- É que eu tenho um probleminha...
- Probleminha só pode ser o moleque pequeno.
- "Moleque?"
- A peça. O trabuco. O Oduvaldo.
- Ah. Não, não é isso.
- Então o que é, tchê? Depressa que eu tô com a salinha cheia de louco.
- Bem, é que eu...
- O quê?
Eu desde pequeno tenho este problema de incontingência...
- Incontingência?
- Eu ainda faço xixi na cama...
Nisso o analista pulou e gritou:
- Meu pelego!
E levantou o divã por uma ponta, despejando o paciente no chão.

Luis Fernando Veríssimo

Fonte:

O Analista de Bagé - Luis Fernando Veríssimo

Imagem: 2016/novembro

O Analista de Bagé - Lindaura ( recepcionista) - Luis Fernando Veríssimo - Bagé, RS, Brasil

Foto: Loila Teresinha Cunha de Matos

Lembretes:

  • Ler o Livro!
  • Ofertar Livros!
  • Ler Sempre!

Ver:
  • O Ovo - Crônica - Luis Fernando Veríssimo
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2009/07/o-ovo.html

Benefícios do Ovo 
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2009/07/beneficios-do-ovo.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário