quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Reincidência - Colmar Duarte

Reincidência

Amanhece, sobre os campos.

A bruma que se esgarça nos banhados,
esconde sangas, e o capim molhado;
Contrasta com o céu límpido e claro
Onde ainda cintila alguma estrela.

Galopeia a tropilha,
Abrindo estrada, no sereno gelado da coxilha,

Do meu galpão
- humilde, enfumaçado -
Olho em silêncio
e me parece um sonho...
E a tropilha, que vem em disparada
dá a ilusão que chega - ainda molhada -
Escapando das águas,
na procela,
onde o mar, engoliu as caravelas,
do tal Juan de Solis
em Maldonado.

E o campeiro,
que avulta, na culatra,
como um centauro contra a luz da aurora?
(Sob tal sortilégio de magia,
imobilizo a cena numa tela:
Juan Manoel Blanes, reconheço agora,
nesses matizes do nascer do dia.)
Por certo, é Tiaraju,
- lunar na testa -
tentando proteger o que nos resta
do instinto predador do bandeirante.

Lembro, os paióis, das safras missioneiras,
Enchendo a boca de gordas algibeiras,
Na rota natural de São Vicente.
E os nativos da terra, novamente
-  mãos amarradas, gritos sufocados -
à mercê da extorsão legalizada.

Retorno à realidade,
É outro tempo.
Dois séculos depois, há outra gente.
Não há mais Tiaraju, nem São Vicente;
somos celeiro de um país com fome.
Carne, lã, trigo, arroz que se consome,
brotam dos campos,
roças, e cercados.

A tropa de Solis, multiplicada,
Cantada em prosa e verso, sua glória!
virou bronze na praça,
fez história,
foi dignificada no trabalho.
A gadaria, alçada e orelhana,
deu lugar aos rebanhos das cabanhas,
que abastecem país, e continente.

Mas nem tudo mudou neste meu pago.
Os nativos da terra estão iguais.
Mãos amarradas, mudos, extorquidos;
a esperar
os retornos prometidos,
aos avós, dos avós de nossos pais...

Falta, este taura de lunar na testa.
Falta, quem fale alto e com entono,
pra defender aquilo que nos resta;
pra mostrar
que esta terra ainda tem dono!

Colmar Duarte
Fonte: Tempo de Viver - Poemas campeiros

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Flor-de-Cera - Hoya carnosa - Asclepias carnosa - Imagem - São Lourenço do Sul - RS - Brasil

Nome Popular: Flor-de-cera

Nomes CientíficosHoya carnosa,  Asclepias carnosa

Origem: Ásia e Austrália

Foto: Josiane

Imagem: Flor-de-Cera - Hoya carnosa - Asclepias carnosa - São Lourenço do Sul, RS, Brasil

Propriedades Medicinais:

  • Produz ótimos resultado  quando empregada nas afecções respiratórias
  • É expectorante.

Nota:
Atenção!
A planta pode conter alcaloides tóxicos!

Fonte: Plantas que Curam - A Natureza a Serviço de sua Saúde

Lembretes:
  • Ler o Livro! Ofertar Livros! Ler Sempre!
  • Tudo é veneno, não há nada que não seja veneno. Depende tão somente da dose. (Paracelso, 1493 - 1541) - O Moderno Organon da Arte de Curar - Samuel Hahnemann - Marcelo Pustiglione  

Ver 

Bela Imagem em:  
http://cangucuemcoresii.blogspot.com/

Bruxas -Herbárias - Ervas Mágicas
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2016/01/bruxas-herbarias-ervas-magicas-imagem.html

http://www.jardineiro.net/br/banco/hoya_carnosa.php

Quebra-Pedra - Erva-Pombinha - Phyllanthus niruri L. - Imagem - Canguçu - RS - Brasil


Nomes populares:
  • erva-pombinha, 
  • quebra-pedras,
  •  arrebenta-pedra,
  • saxífraga, 
  • arranca-pedras,
  • conami,
  • fura-parede,
  • quebra-pedra-branco,
  • quebra-panela,
  • saudade-da-mulher,
  • saúde-da-mulher
Nomes científicos:
  • Phyllanthus niruri L., 
  • Diasperus niruri (L.), 
  • Phyllanthus asperulatus Hutch....

Família: Euforbiáceas

Imagem: 
Quebra-Pedra - Erva-Pombinha - Phyllanthus niruri L. - Canguçu, RS, Brasil

Foto: Loila Teresinha Cunha de Matos

A erva-pombinha é:
  • diurética, 
  • fortificante do estômago, 
  • aperiente (estimula o apetite)...
Utiliza-se para curar ou aliviar:
  • nefrites; 
  • cistites;
  • pielites;
  • cálculo nos rins e bexiga;
  • icterícia; 
  • mau funcionamento do fígado;
  • diabetes;
  • hidropisia;
  • prostatite...
Propriedades:
  • litolíticas (dissolve cálculos),
  •  antiespasmódicas, 
  • diuréticas,
  • febrífugas,
  • sudoríficas,
  • coleréticas (aumenta a concentração da secreção biliar),
  • antibióticas,
  • antidiabéticas,
  • anti-hidrópicas (combate a barriga d'água)
Fontes:
  • PLANTAS QUE CURAM - Enio Emmanuel Sanguinetti
  • Plantas Curam -  Alfons Balbach
  • Plantas Medicinais no Brasil - Nativas e Exóticas - Harri Lorenzi e F.J. Abreu Matos
Lembretes: 
  • É boa planta para uso na água do mate - chimarrão.
  • Ler os Livros! Ofertar Livros! Ler Sempre!
  • Não usar ervas medicinais sem a orientação de um especialista.
  • As espécies Phyllanthus niruri L., Phyllanthus tenellus Roxb. e Phyllanthus amarus Schumach. & Thonn. têm as mesmas indicações.
  • Consta da RENISUS - Relação de Plantas Medicinais de Interesse ao SUS.
  • Tudo é veneno, não há nada que não seja veneno. Depende tão somente da dose. (Paracelso, 1493 - 1541) - O Moderno Organon da Arte de Curar - Samuel Hahnemann - Marcelo Pustiglione  
Ver:

Quebra-Pedra-Rasteiro - Canguçu - RS - Brasil

Bruxas - Herbárias - Ervas Mágicas
Tomilho - Thymus vulgaris - Canguçu em Cores II

Gaivotas - García Márquez


Gaivotas
Para um esfomeado marinheiro solitário no mar,
a presença das gaivotas é uma mensagem de esperança.

Relato de um náufrago, p.63
Fonte: Gabriel García Márquez -  A Magia da Literatura da América
Foto: Jorge
Praia do Cassino, Rio Grande, RS - Brasil

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

A Flor do Maracujá - Fagundes Varela - Poesia - Imagem - Maracujazeiro em Flor - Canguçu - RS - Brasil

A FLOR DO MARACUJÁ

Pelas rosas, pelos lírios,
Pelas abelhas, sinhá,
Pelas notas mais chorosas
Do canto do sabiá,
Pelo cálice de angústias
Da flor do maracujá!

Pelo jasmim, pelo goivo,
Pelo agreste manacá,
Pelas gotas de sereno
Nas folhas do gravatá,
Pela coroa de espinhos
Da flor do maracujá!

Pelas tranças de mãe-d’água
Que junto da fonte está,
Pelos colibris que brincam
Nas alvas plumas do ubá,
Pelos cravos desenhados
Na flor do maracujá!

Pelas azuis borboletas
Que descem do Panamá,
Pelos tesouros ocultos
Nas minas do Sincorá,
Pelas chagas roxeadas
Da flor do maracujá!

Pelo mar, pelo deserto,
Pelas montanhas, sinhá!
Pelas florestas imensas,
Que falam de Jeová!
Pela lança ensanguentada
Da flor do maracujá!

Por tudo o que o céu revela,
Por tudo o que a terra dá
Eu te juro que minh’alma
De tua alma escrava está!…
Guarda contigo este emblema
Da flor do maracujá!

Não se enojem teus ouvidos
De tantas rimas em – a -
Mas ouve meus juramentos,
Meus cantos, ouve, sinhá!
Te peço pelos mistérios
Da flor do maracujá!


Fagundes Varela

Imagem: Maracujazeiro em Flor - Canguçu, RS, Brasil

Fotos: Loila Matos

Fontes:

Em se plantando dá
Coleção BRASIL 
Almanaque da Cultura Popular

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Erva-de-Passarinho - Struthanthus sp. - Benefícios Medicinais - Imagem - Canguçu - RS - Brasil

Erva-de-passarinho é
  • um nome dado a várias plantas de caule flexuoso, as quais parasitam as árvores , especialmente as laranjeiras.

Família: Lorantáceas

Usa-se para curar ou aliviar: 
  • diabetes;
  • histeria;
  • hemorragias;
  • feridas (lavar);
  • pneumonia;
  • bronquites;
  • pontadas;
  • arteriosclerose;
  • asma;
  • afecções da pele;
  • frieiras;
  • úlceras;
  • moléstias uterinas;
  • males da menopausa;
  • hipertensão;
  • transtornos nervosos das mulheres...
Fontes 

Plantas Medicinais - Irmão Cirilo
A Flora Nacional na Medicina Doméstica - A. Balbach

Imagem: Erva-de-passarinho - Struthanthus sp. - Canguçu, RS, Brasil

Foto: Loila Matos

Lembretes: 

"Nada é veneno; tudo é veneno; só a dose conta" Paracelso
Ler os Livros! 
Ofertar Livros!

Ver:

Tumores e Câncer - Pesquisas

  • Arno Rieder

Junho de 2015 - Pesquisa: Contra tumores e câncer

  • Anderson Guimarães - G1


sábado, 25 de fevereiro de 2012

Enquanto amamentas - Poesia - ZERO HORA - Loila Teresinha Cunha de Matos

Fonte: 

ZERO HORA
Almanaque Gaúcho
Ricardo Chaves com Luís Bissigo
25 de fevereiro de 2012

Lembretes:
A poesia está postada em
 http://cangucuemcoresii.blogspot.com/2011/12/enquanto-amamentas-poesia.html  
http://cangucuemcores.blogspot.com/2011/12/enquanto-amamentas-poesia.html

Ler: ZERO HORA

A Natureza Cura - Equilíbrio Energético - Djanira Tesser Possan - Imagem - Canguçu - RS - Brasil

A Natureza Cura
"O homem encontra seu equilíbrio energético nas quatro dimensões da natureza: físico, emocional, intelectual e espiritual."
A desintoxicação, feita por um conjunto de terapias envolvendo a Flora e os 4 elementos: Ar, Água, Fogo e Terra, elimina as toxinas dos órgãos e tecidos desenvolvendo a vitalidade às 4 dimensões citadas.

Djanira Tesser Possan

Fonte: Plantas Medicinais; Irmão Cirilo

Imagem: Natureza - Vida - Arroio - Canguçu, RS, Brasil

Foto: Loila Teresinha Cunha de Matos

Lembretes:

Ler o Livro! Ofertar Livros! Ler Sempre!

Ver:

Os Quatro Elementos - Fernando Pessoa - Escritor - Astrólogo
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2012/05/os-quatro-elementos-fernando-pessoa.html

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Metamorfose - Colmar Duarte - Imagem - Borboleta no Jardim - Canguçu - RS - Brasil

Metamorfose

Que ele era uma alma boa
todo o pago já sabia.


O ser bom depois que morre
nunca foi um privilégio.
Mas este, enquanto vivia
soubera gastar seu tempo
como árvore,
que floresce e frutifica serena,
consciente
que a mesma geada
que lhe branqueiam as melenas
adoça o fruto maduro
e purifica a semente.

O campo
foi universo de uma etapa que findou.
Mesmo sem querer
andou como quem sabe que passa
na transição das tropeadas,
com repontes e pousadas
num rumo que não acaba.

Dizem que a morte
é o nada.
Mas pode ser nada a vida
se não se encontrar sentido
entre a chegada
e a partida.

Por isso seu desapego
às coisas que já tivera.
Fez rancho e arou a terra,
não como dono e senhor,
mas como quem - de passada -

a ocupasse neste mundo
por uma razão maior.



E quando emalou o poncho
não deixou conta a pagar.
Por onde andou crescem plantas
e há pássaros a emplumar;
No balanço das taquaras
brinca o vento alegremente
os espinilhos florescem
sobre arroios de águas claras
e a cigarra afia o canto
no esmeril do sol quente.

Enfim a serenidade.
Enfim o intemporal.
Andará sem pressa ou rumo,
campereando alguma várzea
- em manhãs de eterna calma -
em outonos sem final.

Livre agora dos temores
que vivem com os mortais,
tem a paz da borboleta
que vaga sobre os trevais.
Depois de haver sido larva
e pelo chão se arrastar;
Depois de ir
terra adentro
para, de treva e silêncio,
fazer asas e voar.

Colmar Duarte

Fonte: Tempo de Viver - Colmar Duarte

Imagem: Borboleta no Jardim - Canguçu - RS - Brasil

 Foto: Loila Matos

Cabeça de leitão - bácoro

Cabeça de leitão assada - temperada com alho, manjericão, sal, sálvia

Chorão - Salix humboldtiana

Nome populares: chorão, salgueiro, salso
Nome científico: Salix humboldtiana Willd.
Família:   Salicaceae
Origem: América Central e do Sul, Brasil
Ocorrência no RS: Nativa
Uso medicinal:
Usa-se para curar ou aliviar:
  • caspa e queda de cabelos - cozimento das folhas e cascas;
  • reumatismo;
  • dor de dente;
  • febre
Tem propriedades:
  • febrífugas;
  • sedativas;
  • soníferas;
  • grande calmante de dores
Fonte:
Plantas Medicinais; Irmão Cirilo
http://www6.ufrgs.br/fitoecologia/florars/open_sp.php?img=2231

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

A palavra de Deus

A palavra de Deus transforma nosso cotidiano como uma onda muda o desenho da areia na praia.
Indo e vindo, as bênçãos que suas palavras trazem nos iluminam e orientam.
São palavras de conforto, paz, alegria, respeito, esperança e tudo o que de mais belo o ser humano possa imaginar receber de Deus.

Fonte: Deus - sobre todas as coisa; Kyle Cass
Foto: Jorge
Praia do Cassino, Rio Grande, RS - Brasil

Rosacruz - Frases - Imagem: Pirâmide de Areia - Cassino - Rio Grande - RS - Brasil

Frases de Integrantes da Ordem Rosacruz

" A mais bela e profunda experiência é a sensação do mistério. Ela é semeadora de toda verdadeira ciência. O homem para quem essa emoção é estranha, que não mais pode se maravilhar e se sentir arrebatado de admiração, está praticamente morto."

Cientista e filósofo Albert Einstein

"Se eu vi mais longe, foi por estar de pé sobre os ombros de gigantes."

Físico e matemático Isaac Newton

"A vontade de cada homem e cada mulher é como a bússola de um navio para onde ele aponta segue o navio."

Escritora inglesa Marie Corelli

"Se o homem começar com certezas, vai acabar com dúvidas; mas se ele se contentar em começar com dúvidas, vai acabar com certezas."

Filósofo e escritor Francis Bacon

"Viver sem filosofar é o que se chama ter os olhos fechados sem os haver tentado abrir."

Cientista e filósofo René Descartes

"Como irmãos da Rosacruz, nossos esforços pessoais, nossa mente, nossos laboratórios e nossas instituições, estão dedicados à reconstituição da espécie humana e ao avanço da civilização."

Cientista, escritor, filósofo, pintor e reativador da Ordem na América Harvey Spencer Lewis

"Entendo por razão, não a faculdade de raciocinar, que pode ser bem ou mal utilizada, mas o encadeamento das verdades que só pode produzir verdades, e uma verdade não pode ser contrária a outra."

Filósofo alemão e matemático Gottfried Wilhelm von Leibniz

"Todo indivíduo tem o dever de considerar a humanidade inteira como sua família e de se comportar em toda circunstância como cidadão do mundo, fazendo assim do humanismo a base de seu comportamento e de sua filosofia."

Declaração Rosacruz dos Deveres do Homem


Fonte: DIÁRIO POPULAR DE PELOTAS - Pelo despertar do potencial humano
11 de fevereiro de 2012

Imagem: Praia do Cassino, Rio Grande, RS,  Brasil

Foto: Loila Teresinha Cunha de Matos

Ver:

Praia do Cassino - Imagens
http://cangucuemcoresii.blogspot.com.br/2012/02/praia-do-cassino-imagens.html

Bailado do Vento com a Areia
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2016/03/bailado-do-vento-com-areia-poesia-loila.html



segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Como sou - Colmar Duarte


Como sou
À vezes eu sou o vento
E tudo, se estou presente,
é bafejado por mim.

Reponto nuvens de chuva,
faço dançar o arvoredo;
sussurrando algum segredo
nas águas causo arrepios.

Estufo as velas dos barcos,
despenteio os arrozais,
sopro as crinas dos baguais,
levo as cinzas dos fogões.

Às vezes eu sou o rio
- silencioso, calmo e misterioso -
carregando algum segredo.

Por fora espelhando nuvens
e as árvores das barrancas...
No fundo de areias brancas,
águas escuras e medos.

Mas sempre sou como sou,
calado e caminhador...

Fonte: Tempo de Viver; Colmar Duarte
Foto: Todas as fotos não nomeadas são minhas.
Praia do Cassino, Rio Grande, RS - Brasil

Colaboração de Honestino

SALMO 19
1 OS céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.
2 Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite mostra sabedoria a outra noite.
3 Não há linguagem nem fala onde não se ouça a sua voz.
4 A sua linha se estende por toda a terra, e as suas palavras até ao fim do mundo. Neles pôs uma tenda para o sol,
5 O qual é como um noivo que sai do seu tálamo, e se alegra como um herói, a correr o seu caminho.
6 A sua saída é desde uma extremidade dos céus, e o seu curso até à outra extremidade, e nada se esconde ao seu calor.
7 A lei do SENHOR é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do SENHOR é fiel, e dá sabedoria aos símplices.
8 Os preceitos do SENHOR são retos e alegram o coração; o mandamento do SENHOR é puro, e ilumina os olhos.
9 O temor do SENHOR é limpo, e permanece eternamente; os juízos do SENHOR são verdadeiros e justos juntamente.
10 Mais desejáveis são do que o ouro, sim, do que muito ouro fino; e mais doces do que o mel e o licor dos favos.
11 Também por eles é admoestado o teu servo; e em os guardar há grande recompensa.
12 Quem pode entender os seus erros? Expurga-me tu dos que me são ocultos.
13 Também da soberba guarda o teu servo, para que se não assenhoreie de mim. Então serei sincero, e ficarei limpo de grande transgressão.
14 Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a tua face, SENHOR, Rocha minha e Redentor meu!

Jesus Cristo te Ama!
Ele é o Caminho a Verdade e a Vida

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Madrugada - Imagem


Madrugada.
No tempo indiferente
roda o silêncio como um malacate...

Tempo de Viver; Colmar Duarte

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Haikai da Concha - Deslumbrante Mistério - Imagem - Praia do Cassino - Rio Grande - RS - Brasil


Haikai da concha

Concha marinha...  
Deslumbrante mistério! 
Introspecção...

Haikai: Loila de Matos

Foto: Josana
Imagem: Praia do Cassino, Rio Grande, RS, Brasil

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Transatlântico Silver Spirit

Ontem, o Transatlântico Silver Spirit , passando pelos molhes da barra, deixa o porto de Rio Grande.
Foto: Josana
Local: Praia do Cassino, Rio Grande, RS

Tartaruga marinha - Imagem

Foto: Jorge
Praia do Cassino, Rio Grande, RS

Iemanjá - Imagem - Praia do Cassino - Rio Grande - RS - Brasil

Imagem: 

Iemanjá - Rainha do Mar!
Praia do Cassino, Rio Grande, RS, Brasil
Foto: Josana

Ver:

A Saia de Mamãe - Marília Floôr Kosby
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/

Nós Cultuamos todas as Doçuras - Marília Floôr Kosby
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2016/08/nos-cultuamos-todas-as-docuras-doces-e.html

Lembretes:

  • Ler os Livros!
  • Ofertar Livros!
  • Ler Sempre!

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Admirando a paisagem...

Oração Zoroastriana pela Paz

Oração Zoroastriana pela Paz

Oramos para que Deus suprima  
toda a miséria
do mundo;
que o entendimento supere
a ignorância;
que a generosidade triunfe sobre 
a indiferença;
que a confiança seja maior que
o desprezo;
e a verdade triunfe sobre
 a falsidade.

Sementes da Paz
Fonte: Emissário da Luz; James F. Twyman

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Haikai do inseto

Água, inseto...
Inexperiência...
Tombou...natação!

Loila de Matos

Camping Pesque-Pague Campesque - Imagens - Canguçu - RS - Brasil


Imagens: Pesque-Pague Campesque, Posto Branco, Canguçu, RS, Brasil

Fotos: Loila Teresinha Cunha de Matos

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Batata yacon - Yacon Smallanthus sonchifolius - Composição - Propriedades - Uso Medicinal - Curiosidades - Imagem - Canguçu - RS - Brasil


Nome Popular: batata yacon, batata diet

Nome Científico: Yacon Smallanthus sonchifolius

Família: Asteráceas

Origem: Andes

O yacon apresenta:
  • potássio,
  • cálcio, 
  • fósforo,
  • magnésio,
  • sódio,
  • ferro,
  • zinco,
  • vitamina C,
  •  triptofano


"É um alimento dietético e diabético"

Atribui-se ao yacon propriedades antioxidantes e medicinais, sendo utilizado na melhoria da flora intestinal, na redução do colesterol e no controle do diabetes. Michael Hermann

Curiosidades:
  • As folhas usadas no chá evitam picos que o diabético tem quando come alimentos açucarados ou com muito amido.
  • Sua raiz tuberosa possui sabor semelhante ao de frutas como o melão e a pera.
  • As raízes são consumidas geralmente cruas e descascadas, uma vez que a casca possui sabor resinoso.
  •  Outras formas de consumo são a fritura, o cozimento a vapor ou em água.
  •  Nos mercados locais andinos, o yacon é classificado como fruta e é exposto à venda juntamente com as maçãs, os abacates e os abacaxis, ao invés de serem colocados com as batatas e outras culturas de tubérculos e raízes.
  • No Japão, as raízes tuberosas são transformadas em produtos de panificação, bebidas fermentadas, pó ou polpa liofilizada e até picles.
Fonte: http://www.jardimdeflores.com.br/ERVAS/A44yacon.htmonte:

Imagem: Batata yacon - Yacon Smallanthus sonchifolius - Canguçu, RS, Brasil

Foto: Loila Matos

Lembrete:

"Nada é veneno; tudo é veneno; só a dose conta" Paracelso

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Oração Judaica da Paz - Emissário da Luz - James F. Twyman - Imagens: Forte de Santa Teresa - Uruguai


Oração Judaica da Paz

Venha, subamos a montanha do Senhor,
para que trilhemos o caminho do Altíssimo.
E trocaremos nossas espadas por arados,
E nossos arpões por anzóis desarmados.
Uma nação não erguerá espadas contra outra.-
E não mais aprenderão a guerrear.
E ninguém deverá temer, pois essas são as palavras
que o Senhor dos Exércitos falou.

Fonte:

Sementes da Paz 
Emissário da Luz - James F. Twyman

Fotos: Josana
Forte de Santa Teresa, Uruguai

Lembretes:

Ler o Livro!
Ofertar Livros!

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Jesus disse...


Jesus disse que aquele que ouve sua Palavra e não a pratica, é um insensato que constrói sua casa sobre a areia. Já o que ouve e pratica, é como alguém que constrói sobre a rocha. Mateus 7

Fonte: DIÁRIO POPULAR DE PELOTAS - Pastor Ismar Pinz
Foto: La Paloma, Uruguai

Haikai dos amigos

O amigo chegou...
Tupã pega sua bolinha...
Vem, vamos jogar!!!

Imagens matinais

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Erva-Santa - Aloysia gratissima (Gillies & Hook. ex Hook.) Tronc. - Imagem - Canguçu - RS - Brasil

Nomes Populares:

  • erva-santa,
  • alfazema-do-brasil,
  •  erva-cheirosa, 
  • erva-da-graça,
  •  erva-de-colônia,
  • erva-de-nossa-senhora,
  • mimo-do-brasil.

Nome CientíficoAloysia gratissima (Gillies & Hook. ex Hook.) Tronc.

FamíliaVerbenaceae

Propriedades Medicinais:

  •  anticancerígena,
  • antigripal,
  •  anti-reumática, 
  • balsâmica,
  • béquica,
  •  estomáquica,
  • sudorífera

Indicações Terapêuticas:

  • bexiga, 
  • catarro,
  • gastralgias, 
  • catarros, 
  • lavagem de feridas e úlceras, 
  • resfriados,
  • fígado, 
  • hipertensão,
  • colesterol,
  •  nervos, 
  • dores de cabeça...


Imagem:

Erva-Santa - Aloysia gratissima (Gillies & Hook. ex Hook.) Tronc. - Imagem - Canguçu - RS - Brasil


Foto: Loila Matos

Lembretes:
  •  Utilizada para aromatizar o chimarrão, carnes e ensopados 
  • "Nada é veneno; tudo é veneno; só a dose conta" Paracelso


quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Oração Hindu pela Paz - Sementes da Paz - Emissário da Luz; James F. Twyman - Panoramas - Canguçu - RS - Brasil



Oração Hindu pela Paz

Oh, Deus, conduza-nos
do irreal para o real.
Oh, Deus, conduza-nos das trevas para a luz.
Oh, Deus, conduza-nos da morte para a imortalidade.
Shanti, Shanti, Shanti para todos.

Oh, Senhor Deus!
Que haja paz na terra, que as águas nos apaziguem.
Que as ervas nos nutram, e as árvores e plantas nos
encham de luz.

Que todos os serem benfazejos nos tragam paz.
Que a Lei Védica espalhe paz por todo o mundo.
Que todas as coisas sejam para nós, fontes de paz.
E que a Sua paz, ofereça paz a todos, e que eu receba
a paz, também.

Sementes da Paz

Fonte: Emissário da Luz - James F. Twyman

Imagens: Os Elementos da Natureza - Panoramas Fantásticos - Canguçu - RS - Brasil

Fotos: Loila Matos

Lembretes:

Ler o Livro!
Ofertar Livros


quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Campo Santo - Leonel Gomez - Imagem: Campo Santo - Forte de Santa Teresa - Uruguai


Campo Santo

Passei por um campo santo
Em noite de lua nova
Estava um casal de finados
Mateando fora da cova.

Refrão:

Esporeei meu toso bueno
Não quis saber do amargo
De noite em campo santo
Me gusta cruzar de largo.
Em outro passei com tropa
Na noite, lua crescente
E um finado gauchão
Meta "saludo" pra gente.

Esporeei...
Andava pelando chiba
Numa coxilha de areia
Por de trás da sepultura
Brotava uma lua cheia.

Esporeei...
Por falta de um bem-querer
Num baile em lua minguante
Me fui talariando estribo
Campeando a sorte adelante
Junto à cruz "una paisana"
Disse-me coração vago
Pero noche por campo santo
Me gusta cruzar de largo.

Leonel Gomez
http://letras.terra.com.br/leonel-gomes/877998/

Foto: Jorge
Imagem:Forte de Santa Teresa, Uruguai

Reserva Ecológica do Taim

O jacaré está ao sol de janeiro de 2012.
Foto: Jorge

Aurora em fevereiro - Imagem