sábado, 9 de janeiro de 2016

A Canção do Triunfo - Salomão - O Poder Curativo do Amor - Joseph Murphy - Imagens - Canguçu - RS - Brasil

A Canção do Triunfo

Dize-me, ó tu, que meu coração ama, onde apascentas o teu rebanho, para onde o levas a descansar ao meio dia?
Como és bela, meu amor; como és formosa! E teus olhos são como os das pombas.
Ele introduziu-me num recinto de banquetes e a flâmula, que fez ondular sobre mim, é o amor.
Sua mão esquerda está sob a minha cabeça, e sua direita abraça-me.
Meu bem-amado me disse então: Levanta-te, minha amada, vem, minha formosa.
Pois eis que o inverno se foi, as chuvas cessaram de todo.
As flores se apresentam de novo em nossa terra, chegou o tempo de os pássaros voltarem a cantar, e a voz das rolas e  é ouvida em nossa terra.
Meu bem-amado é meu, eu sou dele; ele apascenta entre os lírios.
Até que refresque o dia e as sombras desapareçam.

"O Cântico dos Cânticos de Salomão nos revela Deus como amor Universal. É repleto de Êxtase e Emoção. Ao entoar a Canção do Triunfo vocês se tornam inebriados de Deus, expressando assim cada vez mais o amor e a alegria Divinas todos os dias.

Vocês entoam a Canção de Deus ou a Harmonia Triunfante, quando, subjetivamente, sentem que são aquilo que seus cinco sentidos lhes dizem que são;

vocês estão então inebriados de Deus e dominados por uma espécie  de 

  • louco frenesi Divino - uma espécie de louco júbilo."

Joseph Murphy

Fonte: O Poder Curativo do Amor - O Poder do Subconsciente - Joseph Murphy

1ª imagem: Janeiro de 2016 - Sol de Verão Vencendo as Trevas - Canguçu, RS, Brasil

2ª imagem: Pombinhas no Ipê - Canguçu, RS, Brasil

Fotos: Loila Teresinha Cunha de Matos

Ver:

Joseph Murphy:  1898 - 1981


Nenhum comentário:

Postar um comentário