quinta-feira, 23 de maio de 2013

Mortal Itinerante - Poesia - Loila Matos - Imagem - Entardecer - Canguçu - RS - Brasil

Mortal Itinerante

Ser mortal itinerante é...
Andejar pelas veredas
Com os sentidos conectados
Para a beleza dos caminhos apreciar.

Ser mortal itinerante é...
Vislumbrar,lá no horizonte,
O Sol se aninhar
E, num enlevo dulcíssimo,
A emoção liberar.

Ser mortal itinerante é...
Extasiar-se com o fim de tarde...
Debruçar-se no horizonte
E a imaginação deixar voar.

Ser mortal itinerante é...
Privilégio sagrado
Que o Senhor está a ofertar.

Loila Teresinha Cunha de Matos

Imagem: Entardecer - Canguçu, RS, Brasil

Foto: Loila Matos

Ver:

Gibran em:

http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2013/05/jesus-o-viajante-gibran.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2013/05/tristeza-e-sorriso-gibran.html
http://cangucuemcoresii.blogspot.com.br/2011/12/dos-filhos-gibran.html

Poesias - Loila Matos
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2009/04/procura.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2009/09/tua-presenca.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário