terça-feira, 26 de março de 2013

Por causa das Borboletas - O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint- Exupéry - Imagem - Canguçu - RS - Brasil


Por caus das Borboletas

Sois belas, mas vazias - continuou ele. - Não se pode morrer por vós. Um passante qualquer sem dúvida pensaria que a minha rosa se parece convosco. Ela sozinha é, porém, , mais importante que todas vós, pois foi  ela que eu reguei. Foi ela que pus sobre a redoma. Foi ela que abriguei com o para-vento. Foi por ela que matei as larvas (exceto duas ou três, por causa das borboletas).

Fonte: O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry

Imagem: Borboleta na Mão - Canguçu, RS, Brasil

Foto: Loila Teresinha Cunha de Matos

Lembretes: 

Ler o Livro! Ofertar Livros! Ler Sempre!

Ver: 

Lagarta Vestida... - Borboleta - Benjamin Franklin
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2011/04/lagarta-vestida.html

Canguçu em Cores II

Nenhum comentário:

Postar um comentário