quinta-feira, 7 de março de 2013

Jardim das Palavras - Imagens

Jardim onde o vento batalha
E que a mão do mar esculpe e talha.
Nu, áspero, devastado,
Numa contínua exaltação,
Jardim quebrado
Da imensidão.
Estreita taça
A transbordar da anunciação
Que às vezes nas coisas passa.

Sophia de Mello Breyner Andresen, Dia do Mar, "Jardim das Palavras"

Fonte: Caligrafia da Solidão - Maria João Cantinho
Local das Imagens: Torres, RS
Fotógrafos: Jorge e Josana

Nenhum comentário:

Postar um comentário