sexta-feira, 31 de julho de 2015

Último Amanhecer de Julho - 2015 - Poesia - Loila Matos - Imagem: Canguçu - RS - Brasil

Último Amanhecer de Julho

No último amanhecer de julho,
Eis o Sol todo engalanado!
Surge para aspergir
Amor, Paz, Esperança...
Ao humano desesperançado.

Há de vir um Mundo Novo!...
Trazendo a sinfonia
Dos pássaros ao romper do dia!

Então, há de ressurgir
A fé, a força, a energia...
Para enfrentar o dia a dia
E demonstrar o orgulho
De ser humano em ascensão
Com Jesus Cristo no coração.

Loila Teresinha Cunha de Matos

Imagem: Último Amanhecer de Julho - Canguçu, RS, Brasil, 2015

Foto: Loila Matos

Ver:

Aleluia - Poesia


É Tempo de...


Peregrino - Poesia



É Mister - Poesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário