quinta-feira, 1 de junho de 2017

Artemísia - Artemisia vulgaris - Erva-de-São João - Botânica Oculta - Paracelso - Imagem - Canguçu - RS - Brasil


Artemísia - Era uma das doze plantas da antiga Rosa-Cruz. 

Colhida no dia de São João, se suspensa do tronco de um roble (carvalho), no meio de um campo, este se torna fértil. Pode também ser colhida em qualquer sexta-feira antes do sol nascer.
Colhida à noite, constitui um poderoso amuleto contra todo o tipo de sortilégios.
Na Alemanha, na manhã do dia de São João, confeccionam coroas de artemísia e as levam para junto das fogueiras, guardando-as depois como preservativos contra enfeitiçamentos.
Na floresta normanda, colhem-na durante a novena de São João, para prevenir os malefícios que privam as vacas de dar leite.
Na Áustria, nem o diabo nem os bruxos têm qualquer pode sobre quem leva consigo a artemísia.
Um ramo de artemísia colocado na porta de uma casa evita o embruxamento.
Na Alemanha Meridional e na Boêmia confeccionam na novena de São João, umas espécies de coroas com a artemísia  para depois as colocarem junto a uma imagem do Santo Evangelista e iluminam com uma ou três lâmpadas - imunidade contra feitiços para todo o ano.
Esparramando folhas de artemísia sobre um campo, por ocasião da semeadura, este fica preservado contra o granizo.
Com três flores e folhas da artemísia - perfume contra os espíritos guardiães de tesouros e contra os demônios.


Fonte: As Plantas Mágicas - Botânica Oculta - Paracelso

Imagem:
Artemísia - Erva-de-São-João - Artemisia vulgaris - Canguçu, RS, Brasil - Inverno de 2017

Foto: Loila Matos

Ver:

Canguçu em Cores II - Artemísia - Artemisia vulgaris - 13 de dezembro de 2011
  • Propriedades 
  • Benefícios
  • Uso Terapêutico 
  • Curiosidades 
Canguçu em Cores:
  • Matéria Médica Homeopática em Linguagem Popular - 2015
  • Deusa Artemísia - Hino - 2011
  • Fitoenergética- A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma - 2017
Lembretes:

Ler o Livro!
Ofertar Livros!

Nenhum comentário:

Postar um comentário