sábado, 20 de fevereiro de 2016

Adeus, Litoral - Diogo Conte Righes de S. Santos - Poesia - Imagem

Deixe-me ir até a beira,
roçar os pés na areia,
salgar o corpo em ondas,
admirar o guri na planonda
e as pernas da garça,
que vem e que passa
e que ainda voa cheia de graça.

Deixe-me a brisa perfumar
notas de puro ar
que inexiste na cidade,
onde vivo pela metade.

Deixe-me ver o horizonte
sem trincheira, sem fronte,
apenas plataforma
que se quer deforma
a vista do infinito,
do oceano, do que acredito.

Até que me despeça,
nesse verso que me resta,
deito-me na rede, tiro a última sesta,
recito um "tchau", ao amado litoral,
e deixo-te esses traços na forma de meu
abraço,
pois, enfim, já é março.


Fonte:
ZERO HORA, 20 de fevereiro de 2016
Almanaque Gaúcho - Antônio Goulart

Imagem: A Garça Elegante - Praia do Cassino, Rio Grande, RS, Brasil - 2016
Foto: Leila Marina

Ver:

http://zh.clicrbs.com.br/rs/

Poesias
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2016/02/viajor-poesia-loila-matos-imagens-verao.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2009/03/peregrino-trilhas-muitas-trilhas-tens.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2009/04/mensageiro.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2011/10/arauto-poema.html

Haicais - Haikais - I Ching... em:
http://cangucuemcoresii.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário