domingo, 16 de novembro de 2014

A Lagarta... A Borboleta - Emmet Fox - Você nasceu para vencer - Mirtes Carneiro - Imagem - Canguçu - RS - Brasil

 "... Um belo dia, algo acontece. A pequena lagarta descobre coisas estranhas ocorrendo dentro de si. Por algum motivo a folha velha não é mais suficiente.
Ela começa a ficar insatisfeita: fica melancólica e descontente, porém - é a questão vital - é um descontentamento divino.
Ela sente, portanto, a necessidade de uma vida maior, melhor e mais interessante. O instinto lhe diz que onde há o verdadeiro desejo tem que haver a realização, porque 'onde existe vontade , dá-se um jeito'.
E, então, a coisa maravilhosa acontece. Aos poucos, surge a borboleta, linda, graciosa, dotada de asas - e em vez de ficar rastejando sobre os limites de uma folha, ela eleva-se acima da própria floresta -, livre, sem restrições, podendo ir aonde quiser, ver o mundo, aquecer-se ao sol, ser , na realidade, o seu Verdadeiro Eu - a coisa livre e maravilhosa que Deus pretendia que ela fosse."

Fonte: Você nasceu para vencer - Mirtes Carneiro

Imagem: A Borboleta e o Malmequer - Canguçu, RS, Brasil

Foto: Loila Teresinha Cunha de Matos

Lembretes:

Ler o Livro!
Presentear Livros!


Nenhum comentário:

Postar um comentário