quinta-feira, 5 de setembro de 2013

A Vida e a Morte - Santo Agostinho - Imagem - Canguçu - RS - Brasil

No cântico maravilhoso das coisas, a vida e a morte dos seres são como sílabas e palavras no tempo. Seus intervalos não são nem mais longos, nem mais breves do que exige a melodia previamente concebida. 

Santo Agostinho

Fonte: A Sabedoria e a Vida - Hugo Schlesinger

Imagem: Coqueiro Vivo e Morto - Canguçu, RS, Brasil

Foto: Loila Matos

Nenhum comentário:

Postar um comentário