terça-feira, 23 de julho de 2013

Introspecção - Vinícius de Moraes - Imagem: Canguçu - RS - Brasil

Nuvens lentas passavam
Quando olhei o céu.
Eu senti na minha alma a dor do céu
Que nunca poderá ser sempre calmo.

Quando eu olhei a árvore perdida
Não vi ninhos nem pássaros.
Eu senti na minha alma a dor da árvore
Esgalhada e sozinha
Sem pássaros cantando nos seus ninhos.

Quando eu olhei a minha alma
Vi a treva.
Eu senti no céu e na árvore perdida
A dor da treva que vive na minha alma.

Vinícius de Moraes
Fonte:
http://www.avozdapoesia.com.br/obras_ler.php?obra_id=14286&poeta_id=386
Local da Imagem: Canguçu, RS, Brasil
Foto: Loila

Ver:
Ocaso - Poesia - Loila Matos
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2009/04/poesia-ocaso.html

Pipa Encantada - Poesia - Loila Matos
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2013/11/pipa-encantada-poesia.html

Introspecção - Lua Minguante - Poesia - Loila Matos
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2014/06/introspeccao-lua-minguante-imagem.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário