quarta-feira, 15 de maio de 2013

Pai-Nosso - Oração - Gibran - Jesus: O Filho do Homem - Imagem - Canguçu - RS - Brasil

E Jesus disse:

"Quando rezares, deixa teu anelo pronunciar as palavras."

É meu anelo neste momento rezar desta maneira:

"Nosso Pai na Terra e no céu, sagrado é o Teu nome.
Seja feita Tua vontade conosco, como no espaço.
Dá-nos de Teu pão o suficiente para o dia.
Em Tua compaixão, perdoa-nos e alarga-nos o coração
para que perdoemos um ao outro.
Guia-nos para  Ti e dá-nos Tua mão em nossas trevas.
Porque Teu é o reino, em Ti estão nosso poder
e nossa realização."

Gibran khalil Gibran -  Jesus o Filho do Homem

Tradução e Apresentação Mansour Challita

Imagem: Canguçu, RS, Brasil

Foto: Loila Matos

Lembretes:

Ler os livro! Ofertar Livros!
Todos os Livros de Kahlil Gibran são emocionantes!

Ver:


Kahlil Gibran - Canguçu - Cores - Emoção

http://cangucuemcoresii.blogspot.com.br/2011/12/o-trabalho-gibran.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2013/05/jesus-o-viajante-gibran.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2011/10/beleza-khalil-gibran.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2013/12/vos-sois-o-templo-khalil-gibran.html
http://cangucuemcoresii.blogspot.com.br/2011/12/da-religiao-gibran.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2013/05/tristeza-e-sorriso-gibran.html
http://cangucuemcoresii.blogspot.com.br/2011/12/do-conhecimento-gibran-excerto.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2011/10/morada-da-felicidade-gibran.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2010/08/deus-que-e-amor-gibran.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2012/01/ensinai-me-gibran.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2012/01/dancarina-gibran.html

http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2012/01/um-homem-do-libano.html

Poesias - Loila Matos:
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2011/10/arauto-poema.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2009/04/nos-teus-olhos.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2009/04/mensageiro.html
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2015/05/luz-e-amor-poesia-loila-matos.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário