sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Comunicação com os Mortos - Pensamentos - Introdução à Metapsicologia - Durval Ciamponi - Imagem - Praia do Hermenegildo - Santa Vitória do Palmar - RS - Brasil

Emanuel (espírito), em seu livro Renúncia , diz que desde a mais remota antiguidade, os homens se comunicam com seus semelhantes já mortos:

Síntese:

  • Enéias fez consulta a Anquises, por meio dos estranhos poderes da feiticeira de Cumas;
  • Plutarca afirmava que os seres de outro mundo se comunicavam nos mistérios;
  • Sócrates tinha seu gênio familiar;
  • Apolônio de Tiana sentia-se auxiliado por entidades invisíveis;os imperadores romanos buscavam os pareceres de além-Túmulo, com a  cooperação dos Oráculos;
  • Vespasiano procurou a palavra dos numes tutelares no Oráculo de Geryon; 
  • Tito fez o mesmo na Ilha de Chipre;
  • Trajano imitava-os, sondando as revelações do Oráculo de Heliópolis na Síria;
  • os cronistas do tempo antigo declaravam que Augusto, depois de iniciado no culto de Elêuses, tinha contato com os fantasmas;
  • nas páginas sagradas da Bíblia vemos Saul procurando o falecido Samuel por intermédio da pitonisa  de Endor, e contemplamos os discípulos de Jesus bafejados pelo Espírito-Santo, no glorioso dia de Pentecostes.


Pensamentos:

Santo Agostinho, o grande bispo de Hipona:
Não teria eu vivido em outro corpo, ou em qualquer outra parte, antes do ventre da minha mãe?
Por que não atribuir esses fatos aos espíritos dos finados, e deixar de acreditar que a Providência faz de tudo um uso acertado, para instruir os homens, consolá-los e induzi-los ao bem?

São Gregório de Nissa:
A alma imortal deve ser melhorada e purificada; se ela não o foi na existência terrestre, o aperfeiçoamento opera-se nas vidas futuras e subsequentes.

Tertuliano:
Se é permitido aos mágicos fazer aparecer fantasmas, evocar as almas dos mortos, obrigar os lábios duma criança a proferir oráculos...; se eles têm as suas ordens espíritos mensageiros, pela virtude dos quais as mesas profetizam, quanto maior zelo e solicitude não empregarão esses espíritos poderosos para operarem por conta própria o que executam com o auxílio de outrem.

Fonte: Introdução à Metapsicologia - Durval Ciamponi

Imagem: Praia do Hermenegildo, Santa Vitória do Palmar, RS, Brasil

Foto: Leila Marina

Lembrete: Ler o Livro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário