sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Colibri da asa ligeira - Poesia

Colibri da asa ligeira

Sonhar de novo
Lucidez
Clareza
Beleza
No teu brilho me benzi
Te quero
Te acho
Meu colibri de asas velozes
Movimento no ar a te balançar
E eu?
A te admirar e a te esperar
Um beijo teu
O doce da tua boca louca
Mel para mim
Colibri de asas ligeira
Te olho
Te gosto
Te sinto
Te espero!
Te quero!

Fonte: Cavalo de Fogo - Poesias e Fotografias
Lúcia Treptow Marques - Textos
João Luíz Zani - Imagens
Lembrete: Ler o livro e admirar as fotos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário