quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Caravanas do Amor - Ibn Árabi - Mestres - José Tadeu Arantes

Caravanas do Amor

Meu coração tornou-se capaz de todas as formas:
É um pasto de gazelas, o convento do cristão,
Um templo para os ídolos,
A Caaba do peregrino,
As tábuas da Torá, o texto do Corão.
Sigo a religião do Amor.

Para onde quer que avancem as caravas do Amor,
Lá vai meu credo e minha fé.

Ibn Árabi

Fonte: Mestres - José Tadeu Arantes

Nota:

Em seu poema o mestre refere-se a várias tradições religiosas:

  • o culto ancestral da Grande deusa (representado pelas gazelas, dedicado à Mãe Divina);
  • o hinduísmo (representado pelos ídolos); 
  • o judaísmo (representado pela Torá); 
  • o cristianismo representado pelo convento); 
  • o islamismo ( representado pela Caaba e o Corão)


Ver:

Peregrino - Poesia - Loila Teresinha Cunha de Matos
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2009/03/peregrino-trilhas-muitas-trilhas-tens.html

Mensageiro - Poesia - Loila Teresinha Cunha de Matos
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2009/04/mensageiro.html

Arauto - Poema Loila Teresinha Cunha de Matos
http://cangucuemcores.blogspot.com.br/2011/10/arauto-poema.html

Lembretes:
  • Ler o livro! 
  • Ofertar Livros! 
  • Ler Sempre!
Nota: 

Não há espaço para fotos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário